Arquivo da tag: alcool

ACIDOSE METABÓLICA É DOENÇA?

A acidose metabólica não é propriamente uma doença mas a acidez excessiva do sangue e dos fluidos corporais. E isto é indício de distúrbios que se não cuidados a tempo, podem vir a causar não apenas uma, mas séries de doenças orgânicas como: diabetes melittus, insuficiência renal, doença diarréica entre outras. Essa acidez pode reduzir o pH do sangue, tornando a respiração mais profunda e rápida (mecanismo pulmonar de tentativa em aumentar a oxigenação no sangue, tentando auxiliar no problema). Uma vez que o corpo concentra esforços em liberar o excesso de ácido no sangue. Além disso, os rins também ficam sob estresse sobrecarregando suas funções já que precisam excretar uma quantidade muito maior de ácido pela urina.

CAUSAS

Diferentes intoxicações e enfermidades podem provocar acidose no organismo. Além das já citadas, também a ingestão de álcool, de paraldeído (usado como sedativo, hipnótico e anestésico), intoxicação por salicilatos (excesso de aspirina) podem também provocar acidose, e elevação de certas substâncias no sangue, como albumina, ácido láctico, cetoácidos, fosfatos,
sulfatos, e uréia. Conforme o problema, poderá ocorrer aumento de um ou mais desses compostos no sangue. Diarréias, fístulas intestinais e pancreáticas, ileostomia, ingestão de ácidos e de medicamentos à base de acetazolamida e sulfamilon podem ocasionar acidose por perda de bicarbonato (HCO3). Os distúrbios respiratórios também podem desencadear acidose, pela má eliminação de gás carbônico.

tdo-que-precisa-saber-dieta-detoxSINTOMAS

Por ser pouco expressivo, na maioria das vezes não apresenta sintomatologia, o indivíduo afetado, acaba complicando ainda mais sua saúde com uma dieta ácida: embutidos, refrigerantes, açucares e práticas que adoecem como: uso de álcool, fumo, drogas, químicas e o sedentarismo. Por não apresentar sintomas inicial, o candidato à doenças tem a falsa crença de possuir uma boa saúde. Os maiores danos costumam apresentar-se a longo prazo.

“QUE O TEU ALIMENTO SEJA O TEU REMÉDIO, E TEU REMÉDIO O TEU ALIMENTO” (Hipócrates, pai da Medicina).

Os alimentos podem ser, no organismo, acidifialimentoscantes ou alcalinizantes, conforme sua reação química. É preciso um balanceamento
para o “equilíbrio ácido-básico” do organismo, precisamos de um cardápio saudável. Uma boa saúde depende do cuidado nas escolhas dos alimentos, de modo que os alcalinizantes predominem em quantidade sobre os acidulantes.

Nem sempre um alimento que em sua forma natural é acido, irá aumentar a acidez metabólica. Muitos alimentos incluindo frutas ácidas produzem no organismo ao serem bem mastigados, digeridos, absorvidos e metabolizados, uma reação básica, essas frutas alcalinizantes são pobres em gorduras e proteínas, ricas em vitaminas e sais minerais e açucares naturais, contribuem para a excreção do ácido e equilíbrio do sangue. E devem estar presentes em nosso cardápio diário.

A saúde começa pela boca, e por ela também podem vir as doenças, é preciso conhecimento e boas escolhas. Pois estamos vivendo num planeta contaminado, bebendo água contaminada, comendo comida contaminada e respirando um ar contaminado, a fábrica de doenças está cada vez mais forte e presente em tudo á nossa volta. È preciso muito empenho para mudar isso de dentro pra fora.

Por Ricardo Budim

 Iriologista na Olhoterapia.

Anúncios